Boa tarde!           Sábado 21/10/2017 17:31
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home | Diretoria | Boletim | Associe-se | Fale conosco | Mapa do Site | Webmail               
• 10/10/2017 - terça-feira

Quitação de benefícios e direitos
em atraso saiu nesta terça (10)


Graças à luta organizada pelo Sindicato, a Prefeitura quitou nesta terça (10) a dívida com os Educadores, que acumulavam atrasos desde 2015. Mais de sete mil Servidores foram beneficiados. O valor total deve superar R$ 30 milhões.

O montante pago envolve parcelas referentes a extensão de jornada (exercício 2016), gratificação de mérito, equiparação entre PEI e PEB (última parcela) e evolução na Carreira – que o Sindicato já tinha obtido vitória na Justiça, mas a Administração alegava que não tinha recursos para fazer o pagamento.

Nosso presidente Pedro Zanotti Filho ressalta: "Foram várias reuniões, negociações na CPN e cobranças que fizemos. Em momento algum esmorecemos nesta luta. Visitamos escolas, para mobilizar os Educadores e organizar a pressão. As companheiras e companheiros têm muito a comemorar. Estão todos de parabéns, porque confiaram na força da nossa união”.

Presidente Pedro, prefeito Guti e gestores em reunião no gabinete do Prefeito

Extensão - Na quinta (5), o presidente Pedro Zanotti Filho e as diretoras Sara Santana e Renata Grota estiveram em reunião com gestores da Secretaria de Finanças para fechar o cálculo do montante dos débitos. No encontro, cobramos também a inclusão no passivo dos valores da extensão de jornada referente aos meses de junho e julho de 2016.

“O secretário Peterson Ruan pediu 40 dias para realizar os cálculos dos valores, a que fazem jus os Professores que efetivamente cumpriram a extensão de jornada no período”, diz Pedro.

A vitória é fruto de muito esforço e persistência. Dia 4, fomos recebidos pelo prefeito Guti em seu gabinete. “Foi uma conversa franca e aberta. Saímos vitoriosos nesta luta”, diz Pedro.

Atenção - O Sindicato orienta aos Educadores que receberam os passivos e identificaram erros, irem ao RH e fazerem requerimento. Aqueles que tinham direitos, porém saíram da rede de Educação, devem procurar ao setor de rescisão do Departamento de Recursos Humanos.



Prefeito promete pagar dívida dos Educadores