Bom dia!           Domingo 17/12/2017 11:48
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home | Diretoria | Boletim | Associe-se | Fale conosco | Mapa do Site | Webmail               
Autonomia dos Poderes vai até
onde começa o direito do povo


O projeto 4.865/17 do prefeito Guti (PSB) é neoliberal; é desmonte; é privatização de "obras, bens e serviços públicos" - como consta no próprio texto do PL. O Servidor será fortemente prejudicado. Por extensão, o povo, para quem trabalhamos, também será afetado.

Perguntamos: que direito um prefeito tem de tomar essa decisão, na calada, sem debater com a sociedade, com as entidades de classe, com o interesse público, enfim?

Fique claro: o parlamentar não é dono do seu voto. Seu mandato é uma delegação do eleitorado e da sociedade. Ele, em hipótese alguma, pode votar a favor de interesses privados (religiosos, econômicos, corporativos etc.), em prejuízo do interesse maior, que é o interesse público e geral.

O Sindicato está mobilizado e o funcionalismo se decepciona cada vez mais com o candidato que prometia “nova política”.

O cidadão está de olho no prefeito e em cada vereador. Denunciar quem trai compromissos de campanha, vende o que é público, precariza serviços e ofende Servidores será um dever moral de cada um de nós. E nós denunciaremos!!!

Guarulhos, 9 de outubro de 2017
Diretoria do Stap


Nosso presidente, Pedro Zanotti Filho, denuncia projeto que desmonta o serviço público