Boa noite!           Terça 22/08/2017 19:18
Receba nossos informativos: Nome: Email:
Home | Diretoria | Boletim | Associe-se | Fale conosco | Mapa do Site | Webmail               

Dirigentes reunidos no Stap realizam
amplo debate sobre Previdência


Na manhã desta sexta (7), o Dieese e as Centrais Sindicais realizaram a 13ª Jornada Nacional de Debates na sede do Stap. O evento, que contou com dezenas de sindicalistas, abordou a reforma da Previdência proposta pelo governo Temer, que fere os direitos de trabalhadores da ativa e aposentados.
 
Participaram sindicalistas de diversas categorias, como Servidores, Químicos, Metalúrgicos, Têxteis, Aeroviários e Comerciários. A Jornada também teve a presença de representantes da Apeoesp (professores do Estado) e das Centrais Força Sindical, CUT e Intersindical.

A atividade foi coordenada pelo economista Rodolfo Viana, técnico da subseção do Dieese no Sindicato dos Metalúrgicos. Victor Pagani, supervisor técnico do Escritório Regional de São Paulo, conduziu a palestra.

Na apresentação, Pagani reforçou que a reforma da Previdência é a mais ampla já realizada, profunda e altamente prejudicial à classe trabalhadora.

“O governo não lança medidas para reduzir a injustiça tributária. Ele desconsidera o peso dos gastos com os juros, que tem as maiores taxas do mundo, dificultando a retomada do crescimento na economia e a geração de emprego. Ao contrário, ataca direitos trabalhistas”, critica. “Eles querem cortar na aposentadoria, sem cobrar os grandes devedores, que são os bancos e o sistema financeiro”, enfatiza Pagani.


Pagani, do Dieese, explica os prejuízos que a reforma trará aos trabalhadores


Calculadora - O economista Rodolfo Viana falou sobre a Calculadora da Aposentadoria, aplicativo lançado pelo Dieese que mostra como fica a aposentadoria com as regras atuais e com as da reforma da Previdência. Acesse aqui e faça seu cálculo. 

Após a apresentação, nosso presidente Pedro Zanotti Filho agradeceu a todos os presentes pela participação e reforçou a importância de disseminar as maldades das reformas neoliberais entre os trabalhadores e a sociedade.

“O Stap tem visitado a base e ido às ruas alertar trabalhadores e também a população. Precisamos mostrar a realidade das reformas, que é bem diferente da que o governo tem divulgado na grande mídia”, conclui.


Presidente Pedro critica reformas neoliberais do governo durante o debate